07 outubro 2012

Beleza interior

Há tempos, estava eu apaixonado por uma rapariga bem gira. Gostava do seu sentido de humor e de estar com ela. Mas a gaja disse que não queria mais nada que uma simples amizade porque estava bem sozinha. Soube poucos meses depois que na altura namorava com um gajo, mas não teve a coragem de me dizer.
Comentei isto com uma grande amiga minha. Ela viu uma foto dos dois “pombinhos” e comentou comigo: “Mas ele é tão feio!”, ao qual eu respondi: “É feio, mas a sua beleza interior deve ser fenomenal – o pâncreas, o estômago, o intestino grosso…”. 
Esta ex-futura namorada deixou de ser minha amiga.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu testemunho, pois o seu comentário é muito importante.

Comentários anonimos não serão aceites e nem publicados. Utilize a opção Nome/URL para deixar o seu nome.

Obrigado.