12 novembro 2010

Fechados para balanço

Enviei por fax dois pedidos de número para dois funcionários que ainda não estavam inscritos na Segurança Social.
Uma semana depois ligo para os serviços de Lisboa. Atendem ao fim de 10 minutos.

- Sim.
- (Bom dia para si também) Queria saber se duas pessoas já têm número.
- Eu sou só telefonista. As secções não estão a atender telefones.
- Mas não atendem porquê?
- Estamos com falta de pessoal, o trabalho é muito. Portanto, não vou passar.
- Então quando posso ligar?
- Escusa de ligar, ninguém atende. São ordens superiores.
- Está a querer dizer-me que não vão dar-me os números por telefone?
- Exactamente. Ou vem cá, ou se quiser, tente por e-mail. Pode ser que tenha sorte. Eu não posso fazer mais nada.
- Eu já fiz isso anteontem e ninguém respondeu ao e-mail.
- Pois…

Mas eu como sou um gajo lixado e não me dou por vencido, principalmente contra este cancro que são os funcionários da Segurança Social de Lisboa, tive uma brilhante ideia. No dia seguinte ligo para a Segurança Social de FARO.
- Queria saber se já foram atribuídos números para X e Y.
- Diga-me o NIF e a data de nascimento de cada um deles.
- Com certeza - e dou estas duas informações.
- Os números são….
- Muito obrigado pela atenção.

Não me deram de uma maneira, deram-me de outra. Ou seja, resolvi o assunto à portuguesa: desenrasquei-me.

E quero que o pessoal da Segurança Social de Lisboa se F***.

1 comentário:

  1. GHIRRAN DO BRASIIIIIIL13 de novembro de 2010 às 14:47

    AHHHHH PORTUGUESES, SE VCS MESMOS NÃO SE ENTENDEM, QUEM + VAI ENTENDER?

    ResponderEliminar

Deixe o seu testemunho, pois o seu comentário é muito importante.

Comentários anonimos não serão aceites e nem publicados. Utilize a opção Nome/URL para deixar o seu nome.

Obrigado.