22 janeiro 2010

Pérolas do futebol português

Esta semana foi fértil em acontecimentos insólitos no futebol português. Quer dizer, situações bizarras e escandalosas existem todos os dias, mas nesta semana que agora finda, houve quatro acontecimentos que achei super engraçados.

1ª Situação
Conferência de imprensa do treinador do Sporting, no final do jogo Sporting, 3 – Nacional, 2.
Jornalista – Gostou do jogo da sua equipa?
Carlos Carvalhal – Gostei, foi dos nossos melhores jogos.
Jornalista – E como viu o reaparecimento do Liedson? Até marcou 2 golos.
Carlos Carvalhal – Dois golos? Não, foi um golo.
Jornalista – Não, foi mesmo dois golos que ele marcou.
Carlos Carvalhal – A sério? Do banco pareceu-me que só o tinha visto marcar só uma vez!
Obs: Será que ele viu o mesmo que jogo que o resto da malta?

2ª Situação
No final do jogo Sporting, 4 – Mafra, 3 (!!!), Liedson (one more time) e Sá Pinto (quem mais?) travaram-se de razões, supostamente por causa de um golo sofrido depois de uma (meia) fífia do guarda-redes Rui Patrício. Parece que o “levezinho” e o “sangue azul dos tugas” chegaram mesmo a vias de facto no balneário.
Resultado: Liedson vai ser castigado e Sá Pinto demitiu-se do cargo que exercia.
Obs: Coitado do Sá Pinto. O rapaz andava em jejum para dar umas festinhas nos seus melhores amigos. Depois do Artur Jorge e do Liedson, quem será o próximo?

3ª Situação
No jogo Belenenses, 2 – FC Porto, 2, foram precisos 30 penalties para se descobrir o vencedor do jogo. Mais um bocadinho e até os adeptos tinham de ajudar a converter os lances de bola parada.

4ª Situação
Luís Filipe Vieira, presidente do SL Benfica, foi condenado a indemnizar António Tavares-Teles porque acusou o jornalista de “ser pago para dizer mal”, de receber “almoços, jantares e charutos” e de escrever artigos de opinião “encomendados”.
Valor da pecuniária…….1 €…..UM EURO!!!!
Eu se fosse o presidente do glorioso ia já recorrer da sentença. 1€ de indemnização? E como vão obrigá-lo a pagar? Em cheque, transferência bancária, com uma letra ou em 100 moedas de 1 cêntimo?
Hilariante!

E assim vai o estado lastimoso, mas ao mesmo tempo original e único, da história do nosso futebol em Portugal.

03 janeiro 2010

Unbelievable

Existe sempre qualquer coisa para ser comemorado durante todo o ano. Não há dia em que não exista uma efeméride. “Hoje é dia Mundial/Nacional de……” é uma frase que ouvimos ou lemos todos os dias.
Mas também há os hinos. Dos países, dos clubes de futebol, de uma colectividade qualquer…e até no trabalho. Na empresa onde estou existe um não oficial. Foi escolhido por mim e pelas minhas colegas mais antigas (Pop e Kixa) e resume o nosso fatídico dia-a-dia no escritório.
Adoramos esta música e chama-se Unbelievable do grupo EMF.
Deixo o vídeo e a letra para apreciarem.



EMF - Unbelievable
(Coyote Ugly)

You burden me with your questions
You'd have me tell no lies
You're always asking what it's all about
But don't listen to my replies
You say to me I don't talk enough
But when I do I'm a fool
These times I've spent, I've realized
I'm going to shoot through
And leave you

The things, you say
Your purple prose just gives you away
The things, you say
You're unbelievable

You burden me with your problems
By telling me more than mine
I'm always so concerned
With the way you say
You've always go to stop
To think of us being one
Is more than I ever know
But this time, I realize
I'm going to shoot through
And leave you

Seemingly lastless, don't mean
You can ask us
Pushing down the relative
Bringing out your higher self
Think of the fine times
Pushing down the better few
Instead of bringing out the clues
To what the world and everything anger to
Brace yourself with the grace of ease
I know this world ain't what it seems.

What the fuck was that
It's unbelievable