07 junho 2009

As luzes!

Fui conhecer o Dolce Vita Tejo com duas amigas: a “12” e a “Meia Dúzia”.
Não desgostei, mas com a crise e os poucos recursos económicos que tem o nosso país de 3º Mundo, acho um exagero aquela construção. Principalmente quando existe o Colombo, o Vasco da Gama, o LoureShopping e o Odivelas Parque, quase "colados" uns aos outros. Adiante.
Quando estávamos a sair do parque de estacionamento, já de noite e a caminho de Odivelas, vinha uma gaja num carro atrás de mim, a buzinar e a fazer sinais de luzes. Achámos estranho. Conversa entre mim e as manas:

Eu - mas o que se passa? A gaja passa-se ou quê?
12 - ela não sabe ver que a estrada tem duas faixas? Nós vamos bem.
Meia Dúzia - realmente, ela não deve saber contar. E continua a buzinar.
Eu – ela se quiser que passe por cima.
12 – e insiste. Ela não vê que estamos a ir na faixa certa?
Meia Dúzia – ela quer dizer qualquer coisa.
Abrando a velocidade do carro, baixo o vidro e digo-lhe, a refilar:
- Isto são duas faixas! Duas!
E gaja respondeu:
- As luzes! As luzes!

Quando reparei…ela estava a avisar-me que eu não tinha ligado as luzes do carro. Andei assim um bom bocado e, se não fosse ela, talvez tinha chegado a Odivelas sem as luzes acesas.
Não sei quem era ela, mas agradeço na mesma.
As minhas amigas, que começaram este festival das duas faixas, gozaram comigo até chegarmos a casa.
Foi a risota total.
Mais um divertido e bom momento que passámos.

1 comentário:

  1. Migo, os teus óculos devem ter sido comprados na multiópticas, nem precisa de luzes pa ver à noite, gandas olhinhos....Dhaaaaa.
    Bjufas

    ResponderEliminar

Deixe o seu testemunho, pois o seu comentário é muito importante.

Comentários anonimos não serão aceites e nem publicados. Utilize a opção Nome/URL para deixar o seu nome.

Obrigado.