02 dezembro 2007

STOP

Todas as santas terrinhas de Portugal têm as suas particularidades.
A freguesia onde nasceram os meus pais não foge à regra. Existe uma povoação chamada Chão Cabeiro, com as suas duas belas casitas onde não mora ninguém durante 11 meses. Tem um pavimento cheio de buracos, pedras e areias (caminho de cabras) onde só passa um carro num dos sentidos, tal é a largura da estrada. Os acessos/saídas são de arrasar. Se a Este a subida/descida é íngreme (tipo montanha russa), a Oeste o nível de perigo é, como eu hei-de dizer…”alarmante”.
Isto porque se alguém quiser entrar na estrada principal, onde passa um carro de 20 em 20 minutos, depara com não um, mas dois STOP’s!...Separados por uns 10 metros, no máximo!!!
Cada vez que eu passo lá farto-me de rir e claro, cumpro religiosamente as regras de trânsito. Aproximo-me do primeiro STOP e páro durante uns breves segundos, para depois chegar junto do segundo STOP em segurança.
Mais vale prevenir que remediar.

2 comentários:

  1. Ainda os sr. Agentes de autoridade não se aperceberam... Se não era multas com fartura...

    ResponderEliminar
  2. Bom pessoal estou a comentar este testo mas ainda não o li porque não tive tempo, mas como o meu colega luís não se cala a dizer vai lá e cometa, tens de comentar caralhete, ect, ect. Pronto tive de vir comentar. Beij.

    ResponderEliminar

Deixe o seu testemunho, pois o seu comentário é muito importante.

Comentários anonimos não serão aceites e nem publicados. Utilize a opção Nome/URL para deixar o seu nome.

Obrigado.