23 julho 2007

Contramão

Todas as semanas temos a notícia de que um idoso entrou numa auto-estrada ou via rápida em sentido contrário, ou seja, estava a guiar em contra-mão.
Entende-se como idoso, uma pessoa com idade a partir dos 65 anos. Por exemplo, eu no dia 13 de Maio de 2050 sou ainda considerado um jovem adulto ou um homem ainda novo e, no dia seguinte (14), já serei um velho, acabado, reformado e que apenas servirei para levar e trazer os meus netos à escola, ler o jornal e jogar às cartas e ao dominó nos bancos do jardim.
Mas voltando ao assunto, as pessoas andam alarmadas e assustadas porque vão elas no seu belo automóvel a 120 Km/h (ninguém ultrapassa este limite, verdade?) e deparam com uma bela surpresa pela frente…um velho maluco a andar de carro.
Mas eu tenho duas teorias para justificar esta condução dos “avôs cantigas” deste país:
1ª teoria: são pessoas que querem saber ou recordar como é a condução na via mais à esquerda, tal como se faz no Reino Unido ou Moçambique.
2ª teoria: são pessoas que depois de reformadas não têm muita coisa para fazer e querem subir os níveis de adrenalina, fazendo-se à estrada que nem uns malucos.
Portanto, nada de alarmismos. Deixem os tugas séniores acabarem a vida em beleza e com alegria. Não se esqueçam que nós quando nascemos, a primeira coisa que fazemos é chorar.

4 comentários:

  1. Eu não tenho problemas que os velhos subam os niveis de adrenalina, desde que isso n seja feito à custa da vida dos outros

    ResponderEliminar
  2. Tu és um ganda maluco. Tu lembraste de coisas que não lembra ao diabo.

    ResponderEliminar
  3. Por vezes até acredito, que os velhinhos já não percebam nada de sinais de trânsito...mas vendo bem, por vezes a sinalização não é a melhor.

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que há melhores maneiras dos velhinhos elevarem os níveis de adrenalina...
    Porque não fazem Tai-Chi, visitem a baixa de Lisboa ás 18h,.....
    Para quem tem mais de 65 anos, isto tb deve elevar bem a adrenalina...

    ResponderEliminar

Deixe o seu testemunho, pois o seu comentário é muito importante.

Comentários anonimos não serão aceites e nem publicados. Utilize a opção Nome/URL para deixar o seu nome.

Obrigado.